A CILADA DO ENTRETENIMENTO

NOTA: O Artigo foi retirado do blog devido aos direitos cedidos à Editora Syllabus. A mesma o publicou em uma coletânea de artigos na obra intitulada Vivendo em uma Sociedade sem Deus.

Comentários

  1. Excelente.

    Que o Senhor seja louvado.

    Em Cristo

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh... até que enfim um tema com uma aplicabilidade legal, esse blog tava com um nivel academico muito elevado pastor, com uma teologia que talvez nem Cristo entendesse, coisa de nivel de pós-graduação... (desculpa a trollagem) - Mas é pq acompanho seu blog desde o tema do batman e de ums temmpos pra cá, essa teologia pesada dava mais nó na cabeça do que esclarecimento... esse post foi excelente. Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Bem, em primeiro lugar, todos os temas aqui postados tem aplicabilidade. Segundo, tenho certeza que Cristo iria entender tudo. Terceiro, pode parecer esquisito, mas meu blog não é "essencialmente" um blog. Para isso precisaria postar constantemente (o que não acontece); além disso os textos deveriam ser pequenos e de leitura fácil. O fato é que uso os recursos do blogger para compartilhar meu arquivos de teologia. Por isso me sinto à vontade em escrever de tudo e sobre o que quiser na formatação que achar melhor (crônica, texto acadêmico, vídeos etc.). Por não ser um blog tradicional, isso pode gerar maus entendidos quanto à proposta. Em suma, veja meu blog como um "arquivo de teologia". Espero que tenha ficado claro e que este arquivo possa de ajudar.

    Abração!!!

    Valeu!!

    ResponderExcluir
  4. Sempre que vejo um "post" seu digo para mim mesmo ...Enfim... (posso até nem concordar com voce no que escreve, mas gosto do desafio de ver alguém expor seu pensamento). A proposta de um blog é a regular manutenção deste. Escrever sobre assuntos que demandem poucas linhas não torna um assunto remisso e mal explicado. Acho que foi esse o pensamento do rapaz no comentário acima. Ao falar sobre cultura e entretenimento em seu blog por um pouco (acho) voce foi meu porta-voz, pois não vejo por parte dos cristãos qualquer manifestação artítica que evidencie motivo para se pensar. Os cristãos de modo em geral ou não têm manifestação artística ou só criticam o que vêem e nada fazem para mudar o cenário. Digo isso, pois como poeta e agora "escritor" nessa área e em outras vejo o deinsteresse das pessoas (cristão) por essa área sem antes tê-la analisado. Como gostar de cultura (o cristão) se este não sabe nem o que é.Isso por causa do falso "dualismo" de vida "terrena" versus "vida "espiritual" desenvolvida por, principalmente, líderes que uma vez que têm dificuldade em conviver com eterminada "coisa" a bestifica para todos. Calvino era amante das artes. Não financiava a arte com os recursos da igreja, mas a incentivava. Li um artigo de "Ultimato" em que depois de visitar um museu do corpo humano o escritor do artigo levou-nos a pensar sobre que aquilo que vemos no corpo humano é o mesmo que veríamos se tivéssemos visto o corpo de Jesus. Aqui está alguém que ama a arte e o verdadeiro entretenimento e que por isso tira lições "espirituais". Os cristão precisam ser apresentados ao verdadeiro entreteniento, muitos pensam que não combina arte com fé, enquanto isso o mundo "faz arte" e espalha suas filosfias danosas.

    ResponderExcluir
  5. Diz cara!! bom ter sua participação. Bem, não entendi por que a postagem não foi sua "porta-voz". Em que ponto você discordou? No meu caso, não discordei de nada do que disse.
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da postagem e tenho admirado a sua coragem em falar de assuntos que muitos fundamentalistas não tem ousadia de falar nas igrejas.lembre-se que as dificuldades podem parecer intransponíveis mas a força não está em nosso braço,vem de Deus .Um abraço ...

    ResponderExcluir
  7. Valeu brother!!! Abração!!!

    Espero poder ajudá-lo de alguma maneira.

    ResponderExcluir
  8. Hey man, eu não disse que voce não tinha sido o meu porta-voz. Disse exatamente que havia sido. É só ler o texto de novo com vagar. Sei reconhecer um bom pensamento e o seu o foi.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Recomendei a leitura de A CILADA DO ENTRETENIMENTO para um grupo de pastores com quem estive reunido essa semana. Vamos ver se lêem e acham bom aquilo que eles mesmos não escreveram (às vezes muitos têm dificuldades de elogiar um colega que se saiu bem em algo)

    ResponderExcluir
  10. Foi mal, achei que a expressão "por um pouco" você foi meu porta-voz", indicava falta de precisão. Mas sou grato pelo esclarecimento.

    Abração!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi pastor.

    O que o sr. acha de entretenimento que inclui violencia? Por exemplo, conheço muitos crentes que adoram assistir vale-tudo. Eles vibram mais quando a pancada é maior e a pessoa cai no chão desorientada. Ou seja, são pessoas que estão machucando o corpo que Deus deu a elas.
    O que o sr. acha desse tipo de entretenimento? Outros exemplos são jogos de violencia no video-game.

    Ass. Marcos Antonio
    Fortaleza - Ce

    ResponderExcluir
  12. Marcos estou preparando um artigo sobre artes marciais. Espera um pouco que vem coisa por ai.

    Mas,para não ficar sem resposta, é importante observar que muito que foi tratado no artigo está relacionado com nossa postura de coração. Eu posso está envolvido numa mesma atividade que vc e ter um propósito ou disposição mental diferente da sua. Posso jogando bola com espírito de adorador (diante de Deus) e vc não.

    Lembre-se, a ética de Cristo focaliza o coração. Quando perguntamos se um determinado comportamento é certo ou errado nossa pergunta está errada. Se o assunto é luta, a pergunta é: com que objetivo faço o que faço?

    Conheço lutadores de perto e sei que eles podem lutar um com o outro e logo depois saírem juntos depois. Eles focalizam muito a técnica, a perfeição do movimento. Evidentemente que muitas pessoas assistem e/ou lutam por razões erradas. Há muitas coisas envolvidas. Deixa para o artigo.

    Valeu cara!!!

    Abração!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário